16 de fevereiro de 2016

Indecisão

Ultimamente vejo que é muita pressão de todos os lados para escolher a área que vou seguir quando for para o 10º ano.

Nunca tive certezas de nada, mas sempre olhei para o curso de Humanidades como a escolha natural para mim, visto que sempre me dei bem com português, outras línguas e história. Deve estar-me no sangue, visto que a minha mãe tirou o mesmo curso. Mas o problema é que, na cidade onde vivo, só há duas escolas secundárias, e em ambas as turmas de humanidades não são flores que se cheirem. E a minha mãe quer sempre (sempre quis) que eu fique numa boa turma.

Depois, claro, há a hipótese de escolher ciências e tecnologias. Toda a gente quer que eu vá para este curso, desde os meus pais, passando pela professora de matemática, até ao meu explicador (de matemática também). O problema é que eu não tenho jeito para a matemática, apesar de até gostar de algumas matérias. E da físico-química nem se fala. Há quase uma semana recebi o teste e tirei a nota mais baixa que alguma vez tirei nos meus nove anos de estudo: 37%. Fui hoje com o meu pai para ele me colocar numa explicação, e ele disse ao meu futuro explicador que queria ver se eu começava a gostar de FQ porque ele queria que eu fosse para ciências no 10º ano. A única reação que eu consegui ter foi revirar os olhos e ficar mais confusa ainda.

Fecho completamente as portas às Artes e ao Desporto, não tenho jeito e não me ia safar.
Nunca pensei muito em relação à economia/gestão/ciências socioeconómicas (chamem-lhe o que quiserem). Só agora coloquei a hipótese de ir para economia agora, mas não sei não, ainda tenho de pesquisar e etc etc...

Eu li por aí que quem faz esta decisão somos nós, não são os pais, amigos ou professores, apesar de opiniões serem sempre bem-vindas. O problema é que são tantas opiniões, e são todas diferentes. E eu sei que devia fechar os olhos a todas elas e ouvir-me a mim mesma, mas eu própria nem sei o que quero... É que é uma decisão tão importante! O que está em jogo é o nosso futuro!

Uns dizem "A Chloe tem de ir para humanidades, porque ela é muito boa a português e adora inglês..." outros dizem "Deves ir para ciências para no futuro teres mais oportunidades de emprego, esquece as humanidades que não dá em nada" e ainda há os paspalhos que vêm dizer que eu devia ir para Artes porque desenho lindamente quando eu nem um risco consigo desenhar em condições (a sério, eu desenho mesmo muito mal).

Sinto que a única hipótese é tornar-me mundialmente famosa, ganhar milhões, e reformar-me antes dos dezoito.
Desculpem se o post está muito longo, mas precisava de desabafar.

8 comentários:

  1. Tens mesmo de ser tu a fazer a escolha. Eu também sempre gostei de línguas, e sempre fui muito boa a isso. No entanto, escolhi Ciências e Tecnologias. Mesmo não sendo boa - nada mesmo - a matemática. E safei-me, muito bem até. Por isso, tudo é possível! Não escolhas um curso porque achas que não te safas no outro, porque isso pode ser muito errado. Com imenso esforço fazes Ciências e Tecnologias, assim como fazes Línguas e Humanidades!
    Tens de ver o que queres... tens de pensar 3 anos à frente também, e ver que área queres seguir depois do secundário, na faculdade, e ver qual o curso que te dá mais jeito para essa área.

    Aparte em relação a Artes: Não precisas de ter jeito para ir para um curso de Artes, estás lá para aprender. Tal como o meu namorado me disse (ele esteve em Artes no secundário, e está agora a acabar a faculdade), tudo isso se treina :)

    ResponderEliminar
  2. Eu entendo aquilo por que estás a passar porque também eu me senti assim antes de tomar a minha escolha em relação à área do secundário que queria. Mas agora que já passei por essa experiência e já acabei o secundário, posso dizer-te que, independentemente da tua escolha, o secundário não irá afectar o teu futuro profissional tanto como dizem (eu escolhi Artes e agora quero seguir um curso de letras). Por isso, baseia-te naquilo de que gostas de fazer e aprender e só assim é que vais apreciar os próximos 3 anos. À medida que te fores aproximando do 12º já terás uma ideia mais definida do que queres fazer no futuro :)

    ResponderEliminar
  3. O meu conselho: segue o teu coração, mesmo! A turma até pode não ser flor que se cheire mas tu cuidas de ti e não é a turma em que estás que define se tiras bom ou mau aproveitamento das disciplinas. Eu queria artes mas a minha mãe fez imensa pressão para eu ir para ciências. Acabei por ir, ela usava muito o argumento de que «ciências tem mais saída profissional». Tretas. O que tem saída profissional é aquilo que tu fazes com gosto! Dei-me mal em ciências, odiei aquilo, andava deprimida e revoltada porque não me sentia bem ali. Pedi à minha mãe para me mudar para artes, ela não quis. Ao fim do primeiro período do 10º ano tinha 4 negativas em 7 disciplinas. Foi o suficiente para a minha mãe perceber que era melhor mudar-me ou eu iria chumbar. Mudei, recuperei, apanhei tudo muito depressa. Na faculdade segui um curso artístico e hoje faço o que gosto e nunca perdi nenhum ano :) por isso querida, segue o teu coração, mesmo!

    ResponderEliminar
  4. A escolha tem de ser feita por ti. Eu percebo-te, eu passei exatamente pelo mesmo no ano passado. Eu tinha passado toda a minha vida a querer ir para Ciências porque queria ser pediatra e nem nunca tinha colocado ir para Humanidades como uma opção. Cheguei ao 9º ano e esquece. As certezas perderam-se todas. Já não queria ser pediatra, estava fora de questão, e tinha na ideia ser advogada. Mas e se entretanto mudasse de ideias?
    A verdade é que não te tens de preocupar assim tanto. É natural que o faças, mas vais acabar por conseguir decidir a tempo. No fundo, aquilo que deves fazer é não ligar às opiniões das pessoas acerca do que acham que deves seguir, mas focar-te apenas naquilo que realmente queres fazer e seguires os teus sonhos.
    Uma das coisas que a minha prima me disse foi "se for para não teres emprego então não tens de qualquer das formas, estejas em que área estejas, o que importa é fazeres o que gostas" e é verdade! Então mesmo que ainda não tenhas a certeza do que queres, pesquisa algumas saídas dentro da área que mais gostas e decide!
    Força! :D

    ResponderEliminar
  5. Eu estive na mesma situação que tu, mas eu não sabia o que escolher, por acaso escolhi humanidades e foi o meu erro. Se estás indecisa acerca do que queres seguir na universidade, escolhe Ciências e tecnologias, porque no fim é mesmo o que tem mais saídas. Eu já conheço gente que está em letras desses cursos e safam-se.
    Vê os cursos que poderás seguir na universidade e que disciplinas pede para entrares.
    Mas se achas mesmo que não vais conseguir tirar boa nota a matemática e físico-química, segue aquilo que achares melhor para ti. O melhor a fazer é sempre seguir aquilo que achamos que é o melhor (mesmo que depois te arrependas).

    P.S.: Eu escolhi humanidades, mas não foi por notas, eu foi por aquilo que me interessava mais na altura e ainda me interessa, mas acho que algo cientifico se adequava mais a mim ou algo mais artístico. Eu era uma excelente aluna a matemática, mas já a historia e português era razoável, por isso é como te digo não vás só por notas e está aberta a todas as opções. :)

    ResponderEliminar
  6. No meu caso tive a vida facilitada. Entre artes e ciências não havia dúvida nenhuma. E ainda hoje não me arrependo nem um bocadinho apesar de a minha turma ter sido uma valente m*

    ResponderEliminar
  7. Também ando como tu, por isso concelhos não consigo dar-te.
    Já respondi à TAG.

    ResponderEliminar
  8. Gostei do post apesar de ser longo e de ser um desabafo...
    Também estou no 9°ano e não sei o que hei de seguir, gosto muito de humanidades, tem muito a ver comigo, mas não falo nada de jeito de inglês, queria muito aprender a falar mais mas aqui na zona não há instituto nem nada do género...
    Quanto a ciencias acho que não me safava em FQ...
    Artes está super fora de questão, desporto gosto mas não me vejo a fazer isso para o resto da vida, economia é uma hipótese...
    Que indecisão!
    Beijinhos e boa sorte*

    ResponderEliminar

Façam-me chegar as vossas ideias e opiniões na caixa de comentários! Muito obrigado por gastarem um pouco do vosso tempo a comentarem o que escrevo, isso significa muito para mim! I love you all to Saturn and back ♥