11 de abril de 2016

Depois dos Quinze

Não neste post eu não venho falar sobre o blogue Depois dos Quinze, com muita pena minha haha

Neste mês de Abril, dia 19, faço quinze anos. É assustador, olhar para trás e ver como o tempo voou. E é ainda mais assustador olhar para a frente, sem saber o que está por vir.
Se não estou em erro, a adolescência começa aos treze e termina quando fazemos vinte (estou a falar apenas em idade, não de espírito). Ainda tenho vários anos para aproveitar, se Deus quiser. Mas estes dois anos que já passaram, não foram, nem de perto nem de longe, os melhores da minha vida.

Tenho mil e um complexos com o meu corpo, como nunca tive. Cada centímetro dele, ou está a mais, ou está a menos. Também tenho complexos com a minha personalidade, não gosto dela, e isso faz com que não goste de mim. Por vezes eu ganho motivação e tento mudar esse pensamento, mas acabo sempre por perdê-la no início do caminho.

Há uns meses, li por aí num comentário de um blogue que "a adolescência é a melhor fase das nossas vidas. Mas é igualmente a pior, pois é uma fase em que não sabemos quem somos". E, já dizia a Kate Beckett: "os adolescentes mudam de personalidade assim como quem muda de roupa. Só assim poderão descobrir quem realmente são".

E, a verdade é que, depois de reler três vezes tudo que já escrevi até agora, não sei onde quero chegar com isto, devo estar aqui só para desanuviar. This post doesn't make any sense. Mas por onde quer que isto passe, todos os caminhos vão dar a Roma, que neste caso, significa: hei de encontrar a minha verdadeira personalidade, uma cabeça mais ajuizada e amor próprio (e de alguém, porque eu garanto que não estou com pachorra para ser forever alone para o resto da vida xD).

7 comentários:

  1. 15 aninhos, uau. É, a adolescência é tão boa quanto má, é um turbilhão de incertezas, de loucuras, de descobertas, de tudo.
    Só te desejo boa sorte e aproveita-a :)

    ResponderEliminar
  2. Nisso tens razão, o tempo passa a voar mesmo! Aproveita-o bem!
    A adolescência é mesmo isso, o tempo de nos descobrirmos a nós mesmos, embora ache que essa procura nunca acabe :)

    ResponderEliminar
  3. Percebo como te sentes, já passei por essa fase... bem, na verdade ainda lá estou, e acho que ainda vai durar algum tempo. É bastante difícil amares-te a ti própria quando só vês defeitos :/

    http://alexslittlesecrets.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Daqui a uns tempos também irei fazer quinze, e quando olho para trás, noto que passou tudo rápido de mais. Gostava de voltar a ser criança e não ter que ter preocupações com nada,
    Beijinhos,
    M.
    http://my-teenager-own-words.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Sofia Ramos - Especialmente de incertezas. Obrigada! :)
    Catarina - Apesar de às vezes não gostar, é sempre bom crescer!
    Lily - Gostei do teu ponto de vista. Obrigada por comentares. :)
    Alex - Não é nada fácil, tens razão. Boa sorte!
    Blog Own Words - Também penso assim muitas vezes, mas a verdade é que esse pensamento não leva a lado nenhum, só nos conduz a mais saudade. Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Aproveita bem!!
    Espero que tenhas um bom aniversário :)

    ResponderEliminar

Façam-me chegar as vossas ideias e opiniões na caixa de comentários! Muito obrigado por gastarem um pouco do vosso tempo a comentarem o que escrevo, isso significa muito para mim! I love you all to Saturn and back ♥