05/05/2017

Marionetas


A noite era fria, mas não tanto como o teu coração. O cigarro parecia acolhedor, mas não tanto como os teus abraços. A bebida era amarga, mas não tanto como as tuas palavras. Os teus olhos eram pretos, mas não tanto como o breu da noite. A noite em que me deixei levar por um pensamento meio suicida conhecido por "viver o momento", ainda que não estivesse a curtir nada. A visão já estava turva, e no meio de um mar de gente, só te via a ti.
No entanto, não estavas lá. Maldito álcool, sempre a usar a nossa mente para brincar às marionetas, entre outros tipos de jogos que nos fazem ligar para uma paixão perdida às três da manhã. Ou às quatro. Ou às cinco.
Já não sei o que é ter a noção do tempo, embora saiba onde é que ele vai acabar por nos levar. Com ou sem cigarros, alucinados ou não. Quando as forças superiores se cansam de brincar às marionetas connosco, deitam-nos fora. Não passamos de brinquedos monótonos, com um prazo de validade, cheios de remendos. No entanto, nunca ninguém se lembrou de tentar remendar o coração partido de uma pobre marioneta.

Texto da minha autoria. Não copiar sem autorização prévia. Escrito a 11/02/2017.

4 comentários:

  1. Adorei o texto! E mais não consigo dizer porque deixaste-me totalmente sem palavras! Continua a escrever textos destes, são mesmo fantásticos!!

    Beijinhos,
    http://moonlightfelicitydestin.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. "Band-aids for broken hearts "

    ResponderEliminar
  3. Click here to know about the complete steps to check the icici prudential life insurance policy status.
    icici prudential policy status

    ResponderEliminar

Façam-me chegar as vossas ideias e opiniões na caixa de comentários! Muito obrigado por gastarem um pouco do vosso tempo a comentarem o que escrevo, isso significa muito para mim! I love you all to Saturn and back ♥