24 de agosto de 2016

"There is no friend as loyal as a book"


O meu pai e a minha mãe, ambos amantes da leitura, ensinaram-me que ler é importante. Ensinaram-me a beber cada palavra escrita nas páginas, como se fosse limonada. Com eles, aprendi a gostar de ler. Tornou-se um vício incurável. Entrava constantemente em livrarias, e em vez de considerar tal espaço um simples "local onde se compram livros", via-as como um parque de diversões. E chorava muito porque queria comprar vinte livros, mas só haviam trazido dinheiro para um. Eu adorava ler. Atualmente ainda aprecio um bom livro, mas infelizmente já não tenho tanto tempo disponível como dantes.

No entanto, o meu irmão de dez anos tem. Ele tem tempo de sobra para imaginar personagens, aventurar-se por entre lugares nunca dantes vistos, mas em vez disso, ele prefere passar os dias a jogar.  E ainda tem a lata de me vir dizer que "ler é para velhos". Chamar-me-iam homicida se eu vos dissesse que fiquei com vontade de o esganar? Ler é algo culturalmente enriquecedor, enquanto que jogos de PlayStation não o levam a lado nenhum.

Não me interpretem mal. Não estou a dizer que ele não devia jogar, nem estou a proibi-lo de nada. Mas ele passa os dias colado à PlayStation, enquanto que eu, com a idade dele, lia um livro por dia. Eu também jogava na PlayStation, eu também gostava de ver desenhos animados, porém eu fazia-o com moderação. E ele vem-me com a conversa "eu não gosto de ler, é aborrecido. Além disso não consegues ver a cara dos personagens!".

Ler é importante, seja qual for a idade que nós tenhamos. Eu não acredito que há pessoas que não gostem de ler. Na minha opinião, essas pessoas ainda não encontraram o tipo de livros que elas gostam. Não vou começar com a lenga-lenga de que "ler cultiva a imaginação", isso já é mais que sabido. Mas ler concede-nos a oportunidade de ir a algum lugar sem sair do mesmo sítio. E isso é um sentimento fantástico, mas que infelizmente poucas pessoas o vivenciam. Espero mesmo que o meu irmão mude de opinião sobre estes grandes companheiros.

"A reader lives a thousand lives before he dies" - George R. R. Martin

14 comentários:

  1. Concordo plenamente contigo!
    Eu adoro ler e tenho pena de não ter assim tanto tempo.
    Pode ser que o teu irmão mude de opinião mais tarde ;)

    Beijinho <3

    www.callmemisslilsusie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que sim. Gostava de ter mais tempo para ler. :)
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Concordo contigo!
    Eu amo ler!

    Há giveaway a decorrer no blog! Participa!
    Beijinhos
    http://that-g-i-r-l.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente! Sou uma verdadeira amante de livros desde sempre, e não me arrependo nem um bocadinho.
    Beijinhos,
    An Aesthetic Alien | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada livro que eu devorava contribuiu para aquilo que sou hoje, por isso, tal como tu, não me arrependo nada :D
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Concordo! Um livro é sempre bom de ler, independentemente do momento!
    Beijinhos,

    Pergunta-me tudo o que quiseres no meu blog até segunda, dia 29! Responderei na terça.
    moonlightfelicitydestin.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente :)
      Vou ver se ainda te pergunto alguma coisa, mas acho que já não vou a tempo...

      Eliminar
  5. Estou de acordo! Um livro é SEMPRE um livro, no entanto não é só o teu irmão, a grande parte dos "miúdos" de hoje em dia preferem um dia inteiro colado aos jogos e etc do que ler.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, ele é assim como a maior parte dos miúdos, mas pode ser que mude. Beijinhos :)

      Eliminar
  6. O meu irmão é um ano mais velho que eu e também não gostava de ler porque também dizia que não via a cara das personagens, ou seja, era o oposto de mim que devorava livros. Após anos a dizer-lhe o que referiste "essas pessoas ainda não encontraram o tipo de livros que elas gostam", já lê, mesmo que seja muito raramente.
    Mas pronto, temos de respeitar os gostos de cada um

    R: Fico mesmo muito contente por ter ajudado. Se é que posso perguntar, vais para que área?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que é preciso respeitar, mas passar os dias colado aos ecrãs também não é a solução. Pode ser que ele mude de opinião. :)
      Não precisas de agradecer. Eu vou para economia!

      Eliminar
  7. Adoro a frase do título! Eu também adoro ler, e também tenho essa sensação, da livraria ser um parque de diversões.
    Bem, compreendo a tua frustração, também me enerva quando me dizem que " ler é para velhos", mas somos todos diferentes e temos que aceitar essas diferenças. Pelo que estou a ver, o teu irmão não tem os mesmos gostos, e vais ter que respeitar. Mas se ele passa o tempo todo colado aos ecrãs também não é nada saudável para ele, talvez tu o podessses incentivar a sair para jogar a bola com os amigos, já que ele não gosta de ler :).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  8. A frase é mesmo muito bonita. Essa sensação do parque de diversões é comum em leitores compulsivos. ehehe
    De saudável não tem mesmo nada, mas eu vou ver se encontro algo de interessante para ele fazer. Ele não gosta de futebol ahaha
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Façam-me chegar as vossas ideias e opiniões na caixa de comentários! Muito obrigado por gastarem um pouco do vosso tempo a comentarem o que escrevo, isso significa muito para mim! I love you all to Saturn and back ♥