10 de janeiro de 2016

1001 Faces


Talvez eu seja uma pessoa calada e tímida. Talvez seja uma pessoa risonha e chorona. Talvez seja alguém calmo e extrovertido. "Mas como posso eu saber quem tu és realmente?", perguntas tu. Bom, tu não sabes. Nunca vais saber.
Os japoneses dizem que cada ser humano tem três faces: a que mostramos a toda a gente, a que mostramos aos nossos amigos e familiares e a terceira que só nós conhecemos. Mas, e se eu tiver 1001? Se assim for, a face mais superficial de todas é totalmente inexpressiva e todas as outras estão aqui dentro, encafuadas na minha mente e no meu coração, lutando umas com as outras e a gritar por amor e atenção.
Mas eu não as oiço. Não posso deixar que as borboletas saiam da gaiola. Se elas se soltarem e voarem sem rumo, eu fico perdida. Para sempre.
"Mas posso ao menos saber um traço da tua personalidade?", imploras tu. Sou inexpressiva, é tudo o que precisas de saber.

*Texto fictício. Escrito por mim, se copiarem deixem os créditos*

2 comentários:

Façam-me chegar as vossas ideias e opiniões na caixa de comentários! Muito obrigado por gastarem um pouco do vosso tempo a comentarem o que escrevo, isso significa muito para mim! I love you all to Saturn and back ♥