31 de dezembro de 2015

Retrospetiva 2015 + Happy New Year


Em janeiro, perdi uma pessoa. Foi aí que me apercebi do que era perder alguém e que um dia todos vão embora. Em fevereiro comecei a andar sozinha nos intervalos, e isso durou até ao final de maio. Em março tive uma crush por um rapaz. Em abril a minha auto-estima subiu um pouco devido ao meu novo sorriso. Em maio criei este blogue e abandonei-o por meses (but now I'm back). Em junho, depois de tantos meses a julgar que tinha uma depressão, finalmente voltei a sentir-me feliz. Em julho voltei a encontrar-me com as minhas amigas de verão na praia. Em agosto fui a Londres e foi a melhor coisa que já me aconteceu na vida. Em setembro iniciou a escola e eu estava nervosa. Em outubro cometi a loucura de cortar o cabelo e voltei a sentir-me depressiva, embora não com tanta intensidade como antes. Em novembro fui passar o fim-de-semana ao Algarve com uma amiga, foi dos melhores fins-de-semana que já tive. Em dezembro tive dos melhores natais de sempre, e terminei o ano de uma maneira excelente: dia 29 fui ver o jogo do Sporting (ganhámos obviamente, ontem fui ver o Star Wars e hoje patinei no gelo pela primeira vez.

 "O objetivo do ano novo não é que nós não deveríamos ter um ano novo. É que nós deveríamos ter uma alma nova"
- Gilbert Chesterton

 Desejo a toda a gente um 2016 fantástico, cheio de felicidade, saúde, alegria, amor e prosperidade. Que seja melhor do que todos os outros!

8 comentários:

  1. Certamente 2015 foi um ano de muitos altos e baixos, mas sobretudo um ano de crescimento. Que 2016 nos traga coisas boas e seja ainda melhor! Feliz ano novo!! :D
    Beijinho*

    Blog || Polyrhythm

    ResponderEliminar
  2. Não acredito que foste patinar no gelo e não me levaste :(

    Boa passagem para 2016 :)

    ResponderEliminar
  3. É verdade faço anos logo no primeiro dia do ano hehe Muito obrigada querida e um excelente 2016 :)

    ResponderEliminar
  4. É verdade faço anos logo no primeiro dia do ano hehe Muito obrigada querida e um excelente 2016 :)

    ResponderEliminar
  5. Como conseguiste estar sozinha tanto tempo? Passar tantos intervalos sem ninguém? Como é possível alguém conseguir livrar-se de uma depressão? Ajuda-me, porque eu vivo uma depressão com um grau de intensidade incrível.

    ResponderEliminar

Façam-me chegar as vossas ideias e opiniões na caixa de comentários! Muito obrigado por gastarem um pouco do vosso tempo a comentarem o que escrevo, isso significa muito para mim! I love you all to Saturn and back ♥